Three love - capitulo 8



Era um dia de chuva que começara logo pela a manhã, mas ainda era dia de semana e tinha aulas e trabalho normalmente. Lucy e Erza estavam ao caminho da escola.

- Iae Erza como foi o dia ontem? Perguntou Lucy dando um sorriso maldoso.

- Foi bom, ótimo. Falou Erza fingindo estar com raiva de Lucy.

- Mesmo? Pensei que fosse entediante para você ficar na natureza, cozinhando e com Natsu. Falou Lucy se contendo para não rir.

- Bem... Eu posso falar pra você uma coisa? Falou Erza de cabeça baixa.

-Claro. Conta, conta logo. Falou Lucy olhando para Erza.

- Ontem eu... Eu não sei como te falar isso. Não sei por onde começo. Falou Erza.

- Começa pelo o começo, hora mais fala logo. Falou Lucy morrendo de curiosidade.

- Eu e o Gray não temos mais nada um com o outro alem de amizade. Falou Erza.

- hum.  Naquele momento Lucy sentiu um alivio no coração.

-Ontem o Natsu foi tão legal comigo, ele sei La será que eu posso ta gostando dele? Falou Erza com o rosto vermelho de vergonha.

- Nossa você é rápida em já ta em outro. Falou Lucy dando uma gargalhada.

-Para de brinca Lucy eu to falando serio. Falou Erza com uma cara seria.

- Certo, desculpa, então por que você acha que está gostando dele?Falou Lucy.

-por que ontem eu sentir uma coisa muito estranha uma vontade de ficar para sempre com ele. Falou Erza.

- como assim? Quando você sentiu isso.

- Quando eu tava dormindo com ele.

- O que? Você fez o que? Tu é doida menina me diz que tu não fez isso...

- Espera doida, eu não dormir com ele como tu ta pensando não, mente poluída a sua viu. Eu tava conversando come ele sobre o Gray e comecei a chorar depois foi quando adormeci ai fiquei La com ele entendeu? Falou Erza

- Ah entendi. Explica as coisas direito, quase tive um surto aqui. Falou Lucy fazendo uma careta para Erza.

- Você não escuta as cosias direito. Então o que eu faço? Falou Erza olhando para Lucy nos olhos.

- O que? você quer minha opinião? Você devia falar para ele como sente eu acho. Falou Lucy

- Mas ele... você sabe NE ele não é a melhor pessoa quando se trata de relacionamento desse tipo, você poderia falar com ele e descobrir o que ele sente. Por favor, Lucy.

- Ta bom, mas você fica me devendo essa. Falou Lucy puxando a amiga.

- Vamos nos apressar já ta tarde o sinal pode tocar. Falou Lucy. 

Lucy tinha uma missão descobrir o que Natsu sentia por Erza, então o seu plano era simples começar uma conversa e coloca o assunto no meio, para ele não desconfiar de nada.

- Natsu como foi ontem, a Erza se saiu bem? Falou Lucy entrando na sala de aula.

- Sim, ela foi ótima. Falou Natsu sentando em uma cadeira.

- Mas então como foi isso do ônibus que quebrou? Vocês ficaram à noite toda no meio da rua? Como vocês aguentaram? Falou Lucy querendo entra no assunto de Erza logo.

- Pois é o ônibus deu prego no meio da rua, nós ficamos La estava bem frio. Falou Natsu.

- E como a Erza aguentou ela não gosta muito de frio. Falou Lucy loca para saber o que ele sentia por Erza.

- Bem ele ficou com um pouco de raiva, mas depois ficou tudo bem, agente ficou olhando o céu e ela ficou falando do Gray para mim, essas coisas. Falou Natsu sem demonstra sentimento.

- Entendi, mas ela chorou? Por que muita das vezes que ela fala do Gray ela chora.

- sim, ela chorou, mas por que a pergunta?

- Ah nada e você consolou ela NE? A pobrezinha...

- Sim, fiz o possível para mante-la calma.

- E...

-E o que?

- ah fala logo você abraçou ela?

- sim, mas por que essas pergunta Lucy? To achando que você ta armando alguma coisa.

- Vou direto ao ponto. Você ama a Erza? Falou Lucy olhando nos olhos de Natsu.

- Amar? Natsu deu uma risada de leve.

- Não! Eu não amo ela foi só um consolo..

-Mas você a deixou dormir junto com você não foi?

- Sim, mas isso não quer dizer nada.

- Então você não gosta dela?

- Por que Lucy? Pode me falar para que essas perguntas.

- Ela gosta de você, resolvi contar logo por que é o melhor, mas olha se você não gosta dela mesmo, não a faça sofre de novo tente falar a verdade de um modo que ela não sofra certo? Falou Lucy saindo da sala.

- Que pena que ele não goste dela, mas como eu vou falar isso para a Erza, por que eu tenho que sofrer tanto. Falou Lucy.

 Era hora do almoço e Lucy estava saindo da sala.

- Oi Lucy, você falou com o Natsu?

- Ah não ainda não. Falou Lucy ela estava com medo de deixar a amiga triste, outra decepção amorosa...

- Certo, mas quando encontra ele fale certo? Falou Erza com um sorriso alegre, isso não ajudou em nada a Lucy.

- Erza você tem certeza que esta gostando dele, por que assim foi só aquela noite você não acha que foi rápido demais?

- Não. Lucy eu sei o que eu sinto aquela sensação que eu tive quando estava perto dele naquela noite eu nunca senti antes, eu sei que eu o amo, é diferente do sentimento que eu sentia por Gray, acho que Gray estava certo eu não o amava como namorado mas sim como irmão.

- Então realmente você o ama?

- Sim, eu amo Lucy você nunca se apaixonou? Você nunca sentiu um sentimento de proteção e querer ficar para sempre com outra pessoa?

- Eu... Lucy paro nesse instante a única pessoa que lhe vinha à mente era Gray, sentia tudo que Erza estava falando, então ela estava apaixonada por Gray, mas também foi só uma noite que ela ficou próximo dele igual à Erza então era mesmo. Ela estava apaixonada.

- Então Lucy, por favor, não me critique eu quero viver esse amor eu quero você não entende?

- Sim. Sim eu entendo. Falou Lucy como se quisesse convence ela mesma.

- Que bom. Falou Erza dando um sorriso.

Já estava de tarde, Lucy estava em casa acabará de chegar da escola.

- Ei Lucy. Falou Natsu.

- O que foi?

- Eu já sei o que vou falar para Erza, e não se preocupe eu não vou machuca-la. Falou Natsu dando um sorriso confiante.

- Certo, tomara que eu não veja minha amiga chorando por sua causa.

-Não verá. Falou Natsu entrando para seu quarto.

- Ah Natsu onde esta o Gray eu queria falar com ele. Falou Lucy.

- Ele ta no quarto dele. Falou Natsu fechado a porta do quarto.

Lucy tinha a certeza do que ia fazer só não sabia se tinha coragem. Ela ficou na frente do quarto de Gray pensando se entraria ou não. Quando de repente Gray abre a porta.

- O que você esta fazendo? Perguntou Gray.

- Eu estava... Eu quero falar com você. falou Lucy firme.

- sobre o que?

- O assunto você saberá depois. Amanha vá a biblioteca da escola na hora do almoço eu estarei La certo?

- certo, mas tomara que seja importante.

- É muito importante. Falou Lucy se virando de costa para Gray e saindo em direção de seu quarto.

- OK. Falou Gray saindo em direção à cozinha.

-O que eu vou falar para ele, eu vou está sozinha com ele, eu vou agora desmarca esse encontro. Espera não é um encontro. É? Ai meu deus o que eu fiz. Pensou Lucy no seu quarto tentando dormi.

Já era manha o dia estava perfeito para um encontro. Lucy tinha se levantado cedo e se preparando para a escola, tinha passado maquiagem, estava muito nervosa.

- OK é só falar o que eu estou sentindo e pronto. Falou Lucy olhando para ela mesma no espelho tentando de novo de convencer.







Destaque do mês - The to beautiful you


YO gente,
O dorama do mês já foi votado e decidido que será.... THE TO beautiful you hehe
Eu particularmente ameii esse dorama ter ganhado, não porque eu não gostava dos outros mas é por que esse dorama tem uns dos meus cantores favoritos u.u que são a sulli de f(x) e o minho da shinee. Eu adorei esse dorama tanto no quesito historia quando nos personagens que foram muito bem feitos A.D.O.R.E.I.
para ver a sinopse e onde assitir online clique aqui

Para o especial irei começar pelos atores e começando pela linda e fofinha sulli.
Sulli interpretou a menina tímida e decidida chamada Goo Jae Hee, ela se desfaça de menino para entra na escola onde seu grande ídolo estuda, nessa escola só estudam meninos, ela morava nos EUA mas voltou para a Coreá para encontra seu ídolo pois soube que ele não ia saltar mais. Jae Hee entrou na escola de meninos e lá encontrou com seu idolo o Tae Joon( minho) mas o que ela não sabia era que ele não era a pessoa que ela imaginava ser, era arrogante só pensavas em si mesmo. Mesmo assim ela continuou a ser sua fã e com isso ela consegui muda o jeito dele e faze-lo se apaixonar por ela.
Minho interpretou o papel de um jovem arrogante que estudava em uma escola pra meninos. Ele era um atleta de salto por vara. Ele queria parar de saltar mas quando ele conheceu a Jae Hee, tudo mudou, ele começou a ser uma pessoa melhor.E voltou a saltar. E claro que o meu minho fez o papel perfeitamente bem, foi lindo eu amei cada episodio,  eu nunca tinha visto ele em outro dorama eu acho que não tem, eu não sei, mas esse foi demais lindo u.u



Tem outro personagem que eu adorei também mas ele num é cantor, eu amei o personagem dele no dorama é muito kawaii.
Lee Hyun Woo fez o papel do fofíssimo Cha Eun Gyeo, ele é um jogador de futebol que fica amigo de Tea Joon (sulli) mas ao decorrer do dorama ele começa a gosta dela também ai já viu né a confusão que foi essa paixão pela Tea Joon. Tem umas partes em que eles dois( Jae hee e Eun Gyeo) ficam disputando pela a Tea Joon mesmo eles sabendo que ela era um ´´menino``, é muito engraçado e fofo.


Alem desses personagens existem outros mas esses são os principais,agora vamos a musica o dorama não tem muita musica mas aqui tem são:
                                                  
                                               



Musica tema principal



musica tema feita por f(x)

Essas são as musicas do dorama que eu mais gostei *-* Agora vamos para os gifs e imagens.











































Three love - capitulo 7


                                                                           ~ capitulo 7   ~

                                  

Erza estava sentada em uma quadra de basquete improvisada olhando Natsu jogando com seu time. Por que ela estava Ali. Bem isso é um a longa historia.

Mas cedo naquele dia Natsu estava tomando café da manha quando Lucy chegou.

- Bom dia Natsu. Falou Lucy bocejando e abrindo a geladeira.

- Bom dia Lucy, como foi à noite? Perguntou Natsu comendo seu hambúrguer.

- Mal, mas isso não importa aonde você vai vestido assim? Perguntou Lucy olhando para a roupa de Natsu.

Natsu vestia um short cor branco com preto e uma camiseta, não era uma roupa estranha, mas estava frio para ele usar camiseta com short.

- Eu vou treinar com meu time na outra cidade. Falou Natsu de boca cheia.

- Tenha educação coma primeiro depois fale. Falou Lucy dando uma de irmã mandona.

- Certo, ah você pode ir comigo para o treino é que a nossa cozinheira esta doente então eu falei que poderia levar você para fazer a nossa comida.

- O que? Você pensa que eu sou sua empregada por acaso. Falou Lucy com tom de brincadeira.

- Vamos Lucy nós precisamos de você. Falou Natsu dando um sorriso como quem quer convencer outra pessoa

- Ate parece que eu vou, mesmo que eu quisesse, eu vou sair hoje não se lembra? eu tenho que ir visitar minha mãe e o tio vai me levar, te falei isso ontem.

- Falou? Ate certo falou. Disse Natsu mentindo.

- Mas e agora onde eu vou arrumar outra menina para ir fazer a nossa comida. Falou Natsu.

- Oi Lucy. Erza entrava naquele momento na cozinha.

- Ei Lucy vou ficar na sua casa hoje meus pais viajam e mim deixaram aqui. Falou Erza se sentando à mesa da cozinha.

-Como? E você vem me dizer agora? Falou Lucy olhando incrédula para sua amiga.

- Eu fui saber disso faz... Vamos ver uns 5 minutos. Falou Erza despreocupada.

- Olha me desculpe, mas eu vou sair hoje para visitar minha mãe e você não vai poder vim comigo o tio não vai deixar. Falou Lucy saindo para a sala.

- Mas por que eu não posso ir eu prometo ficar feito uma santinha. Falou Erza andando atrás de Lucy.

- Não! Você não pode ir. Falou Lucy com voz de autoridade.

- Ei Erza você sabe cozinhar? Falou Natsu entrando na conversa.

- Cozinhar? Sei. Por quê? Falou Erza.

- Você sabe? Pensei que você não soubesse nem fritar um ovo. Falou Lucy dando um sorriso malicioso.

- Mas é claro que eu sei querida, eu fiz curso de gastronomia sou chefe de cozinha é pouco ou quer mais. Falou Erza se achando a tal.

- A é? Pois pronto. Natsu, arrumamos sua cozinheira.

- O que? Como assim? Falou Erza boiando na conversa

- Ebaa, vamos Erza temos que sair daqui a pouco é 1 hora de viajem. Falou Natsu puxando Erza para cozinha.

- Uma hora de que? Eii espera. Falou Erza sendo levada para cozinha.

Naquele dia Lucy tinha saído com o diretor e Gray tinha saindo para uma pesquisa em campo com a sua sala. Natsu estava em um ônibus com Erza do seu lado. Eles estavam indo para outra cidade, uma cidadezinha de campo onde eles iriam treinar na natureza.

-Já chegamos? Por que ainda não chegamos? Que cidade longe é essa? Falou erza fazendo pergunta por pras de perguntas.

- Erza eu falei que era uma hora de viajem, agora curti a paisagem. Falou Natsu apontando para a janela do ônibus.

A paisagem era de campo. Era verde o sol brilhava, mas não estava quente o clima estava agradável. Erza olhava a paisagem enquanto natsu explicava a ela sobre os tipos de árvores que eles estavam vendo.

Para erza está conversando com natsu não era não ruim ele transmitia um ar de amigo era muito aconchegante fica em sua compania.

- Então Erza o que achou desse local lindo não é? Perguntou Natsu.

A paisagem era com certeza uma das mais belas que erza já tinha visto. Eles estavam no alto de uma colina e erza conseguia ver os campos de plantações La bem distantes. Erza sorriu e respirou o ar puro incrível como o ar de uma cidade era tão diferente do ar de um campo. 

  - Simplesmente natura. Pensou Erza.

-Simplesmente natural NE o ar é totalmente diferente. Falou Natsu olhando para os campos de plantações.
Erza se assustou, pois ele tinha falando o que ela estava pensando.

- Sim. Falou Erza.

Natsu começou a treinar com seu time em uma quadra improvisada, Lucy ficou parada olhando ele jogar.

-Ei erza que tal ir começando a fazer o almoço. Falou natsu se aproximando de erza.

- Ah claro, cadê os ingredientes? Perguntou Erza.

- Bem você tem que colher eles. Falou natsu apontando para umas plantações.

- O que? como assim eu tenho que pegar os ingredientes? Não mesmo. eu não posso ir, posso sujar minha roupa. Falou erza balançando a cabeça negativamente.

- Se você não quizer ir eu vou pegar para você, mas você terá que me dizer quais são, certo princesinha? Falou Natsu dando um riso irônico...

- Princesinha não meu caro colega. Não sou princesa sou rainha. Falou erza formalmente.

- Quase não se acha você NE. Falou natsu já andando para a plantação.

- Quais eu pego? Perguntou natsu olhando para uma plantação de tomate.

- Bem eu irei precisar de tomate, cebola, alface, gengibre, pimenta do reino, batata e cenoura. falou erza rapidamente.

- Nossa, mas tudo isso? Falou natsu olhando para erza que fez uma careta e continuou a falar.

- alem de... Frutas, eu preciso de maça, laranja, uva e ameixas e tem que ser das boas viu? Falou Erza olhando para as plantações e se perguntando será que ali tinha tudo o que ela precisava.

- Erza você vai fazer um almoço não um banquete para pessoal de alto nível. Para nós só é preciso arroz e feijão e carne e pronto então pense em outro prato que não tenha tantos ingredientes. Falou Natsu se sentando em um banco que tinha perto dele.

- O que? Mas eu passei horas pensando nesse prato como eu vou inventar outra assim de uma hora para outra? Falou Erza olhando para natsu e com as mãos na cintura.

- Você acha que é fácil ser uma conzinheira? Falou erza.

- Não, não acho só faça uma coisa a mais simples possível certo?

- Certo. Falou erza com a cara emburrada.

No fim o almoço foi servido e o cardápio era arroz, carne e salada.

- Cade o feijão? Falou um amigo de Natsu.

- Bem aqui não tem feijão então não deu para me fazer, mas eu fiz uma salada para compensar. Falou Erza colocando uma panela de arroz na mesa.

- Cade o Natsu? Falou erza.

- Ele ainda esta na quadra. Falou outro amigo de Natsu.

Natsu amava seu esporte era tudo para ele, Erza o viu sentando no chão da quadra que era só areia, com a bola na mão.

- Ei você não vai almoçar? Falou Erza se aproximando de Natsu.

- vou sim. Falou Natsu.

Erza viu no seu rosto que ele estava preocupado e já que ela raramente o via assim resolveu perguntar.

- Esta tudo bem?

- Ta.

- Não me parece, pode contar o que esta acontecendo.

- Não é nada de mais. Vou almoçar eu to morrendo de fome. Falou natsu se levantando.

 Era de tarde quando todos entraram no ônibus para volta para casa. Erza ainda estava curiosa.  - Por que natsu estava daquele jeito? Pensou erza.

- Ei erza obrigada por vimn com a gente eu sei que foi intediante você ficar La sem fazer nada me desculpe se te fiz fica assim. Falou natsu sentando do lado de erza.

- Ta tudo bem, foi ate legal ver vocês jogando, o dia foi muito bom. Falou Erza.

- Sim, foi mesmo.

Alguns minutos depois já estava anoitecendo quando o ônibus parou no meio da estreada a pricipio o motorista dissse que era um probleminha que logo ia se revolver. Mas passando meia hora perceberam que não era só um probleminha e que não ia se resolver logo.

- E agora o que vamos fazer já esta de noite. Falou Erza.

- Bem temos que esperar, vamos sair do ônibus, à noite ta linda. Falou natsu já andando siando do ônibus.

- Mas La ta frio demais não da... Nessa hora todos já tinham saído do ônibus então Erza saiu também.

Erza estava certa. Fazia um frio absurdo naquela noite, os ventos eram gelados e tinha muito vento. Erza foi ao encontro de Gray que estava sentado na grama.

- Ai meu deus eu vou morrer de frio aqui. Falou Erza pasando a mão nos braços tentando se aquecer.

- Ei Erza senta aqui e olha as estrelas elas não estão lindas? Falou Natsu olhando e comtemplando o céu estrelado.
Erza sentou e olhou também estava muito lindo e brilhante.

-Na cidade não se viu um céu assim. Falou erza.

- Na cidade não se ver um céu assim. Falou natsu.

- Você ta lendo meus pensamentos por acaso? Falou Erza.

- Como assim?

- Tudo que eu penso você diz você conseguir ler mentes?

- Bem isso eu não sei dizer só sei que sou bom em fazer as pessoas felizes, você está feliz não é?

- Sim sua comapania é muito agradável.

- Sim todo mundo está feliz, mas eu não sei se posso sentir essa felicidade.

- Nem todos estão felizes alguns somente fingem está feliz para não despertar o sentimento de pena de outras pessoas.

- É tem razão.

- Natsu você pode me contar o que está se deixando assim.

- Não é nada, você não precisa me ouvir não é dever seu.

Erza já tinha ouvido aquela frase antes, e quem tinha digo foi ela mesma, no dia em que ela resolveu ficar amiga de Gray quando era criança ela falou essa mesma frase para Gray dizendo que ele não precisava ser amigo dela ou escutar as suas aflições e o que ele disse? Eu preciso, Eu preciso de você e você de mim.

- Você pode não querer dizer. Mais eu quero ouvir. Falou erza que tocou sua mão no rosto de natsu e trouxe os olhos dele ao encontro de seus olhos.
 Os dois ficaram cara a cara, Natsu olhava dentro dos olhos dela.

Natsu nunca tinha visto sua mãe como todo garoto ele tinha seus problemas queria alguém para desabafa e esse era papel de uma mãe, mas ele não tinha. Seu pai não ia saber resolver, aquilo era papel de uma mulher, a fragilidade do amor maternal ou ate um amor feminino era o que ele precisava. Ver Erza querendo lhe ajuda, ele não aguentou e começou a lhe contar.

- Eu tenho que sair do time, eu não sei como contar. O que eu faço? Não quero sair, mas por que? às vezes eu penso que não devia ter entrado para esse time.

- Mas espere por que você vai ter sair do time?Perguntou Erza.

- Meu pai foi transferido de colégio e vai morar em outra parte da cidade, vamos nos mudar.

- Mas quando o tio ia falar isso para agente?

- Ele ia falar depois, eu soube disso por acaso.

- Entendo, mas você tem mesmo que sair do time?

- sim, por que eu só posso jogar se eu estudar na escola.

- Mas você pode jogar na outra escola não é?

- Não posso, eu aprendi a jogar nessa escola e não vou treinar em nenhuma outra escola para mim isso é como se fosse trair o meu próprio time.

- Entendo, então acho que você tem que seguir em frente, é isso que tem que ser feito.

- mas como você fala isso com tanta certeza?

- Eu já passei por uma coisa parecida e tive que seguir em frente é o melhor a se fazer, confia em mim.

- Ei vem comigo. Falou natsu se levantando.

- Para onde vamos. Falou erza seguindo ele.

-  Confiar em mim.

O céu estava estrelado tinha poucas nuvens no céu, estava uma noite perfeita o vento estava frio e parecia que ia chover, mas não tinha muitas nuvens no céu. Era noite de lua cheia, o céu estava lindo.

-Parece tão perto. Falou Lucy

- Como?

- A lua parece tão perto de nós.

- Sim, ela estar linda hoje.

Natsu e Erza estavam em cima do ônibus contemplando as estrelas.

- Se você já passou pelo o que eu estou passando me diz uma coisa como você conseguiu sobreviver? Falou Natsu deitado em cima do ônibus olhando para Erza.

- Pensando bem, não foi mesmo fácil, eu chorei por muitos dias, mas sabe resolvi que eu tinha que me adaptar por que não da para ficar presa em um mundo tão pequeno, entende? Falou Erza olhando para Natsu, os olhos de Natsu brilhavam.

- Sim...

- Você ter por amigas só aquelas pessoas, só conhecer aquele tipo de vida isso deixa você trancado em um mundo limitado onde você não pode ver outras coisas, às vezes é preciso muda sabe. Aprendi isso de um jeito bem difícil e você também aprenderá. Mas se você for forte não doerá tanto quanto doeu em mim. Falou Erza agora ela olhava para o céu.

- Você parece mais madura do que de costume. Falou Natsu dando um riso para desfazer o clima tenso.

- O Gray ele... Erza parou de falar.

- Pode falar erza...

- Quando ele me levou para casa naquele dia do circo ele falou para me encontrar outra pessoa para me apaixonar porque ele não poderia ser nada mais do que um bom amigo. Falou Erza chorando.

- Ah, erza sinto muito, meu irmão é muito direto sabe, ele não quis te magoar. falou natsu se aproximando de Erza.

- Eu sei, eu só não entendo o que tem de errado comigo por que ele não gosta de mim. falou erza derramando lagrimas.

- Nada. Não tem nada de errado com você, só que o Gray não é apaixonado por você e ele não quer te iludir.

- Mas como eu vou encontrar outra pessoa igual a ele? Como? Não existir...

- Exatamente não existi Erza todos nós somos únicos no mundo, você vai encontrar a pessoa que você tanto deseja, por que todos nós temos uma pessoa reservada para nos amar.

- Eu... Erza não conseguia falar era de da pena ela chorava sem consolo.

Natsu não aguentou abraçou ela e falou repetidamente.

- vai ficar tudo bem, amanha será melhor.

Assim os dois ficaram, ate que de tanto chorar Erza dormiu nos braços de Natsu, já era bem tarde da noite o frio era intenso, mas eles estavam bem contava com o calor humano. Natsu olhava para Erza dormindo e pensando.

- Como ela sofreu na vida, primeiro o câncer depois a decepção amorosa quem pode ir contra o destino não é mesmo temos que simplesmente passar por tudo isso e sofrer, isso é a vida coisas boas são poucas as coisas ruins são muitas, muitas...

Já estava amanhecendo Erza abriu os olhos e viu a paisagem maravilhosa do sol nascendo, a sensação que ela estava sentindo era tão boa não queria que aquilo a terminasse.
 Tão confortável aconchegante. Erza percebeu que estava dormindo com Natsu.

- Mas como isso aconteceu? Falou erza acordando natsu. Ela se levantou rápido e saiu de perto de Natsu.

- Você já acordou? Perguntou Natsu quase dormindo de novo.

- Como assim? Você não devia ter deixado eu dormi aqui... Com você, devia ter me levado para baixo. Falou erza acordando completamente Natsu.

- como? Você já estava dormindo não queria acordar você. Falou Natsu se levantando.

- Ei pessoal vamos embora já ta na hora. Falou um amigo de Natsu.

- Já vamos. Falou Natsu para seu amigo.

- Vamos Erza já ta na hora de ir para casa. Falou Natsu puxando Erza, por algum motivo ele se sentia mais próximo de Erza.

- Ei espera. Falou erza sendo levada para descer do ônibus.

Premiação: divulgação

Yoo minaa,
Para começar as premiações dos blogs vencedores do concurso blog kawaii, irei começar pela divulgação. Os dois blogs, mundo dos otaku20 e reinado das otomes kawaii, serão divulgado nas minhas duas paginas no facebook e em grupos de blogueiros que eu participo.
e claro aqui no meu blog também u.u
Primeiro blog: mundo dos otakus20
O mundo dos otaku20 mereceu vencer na minha opinião é muito kawaii o blog alem de ter umas postagem bem legais. Vamos as postagem que eu mais gostei.
Os olhos japoneses u.u
Minhas historias ( historia da dona do blog, muito show, essas historias precisam vira manga u.u)
Melodias iguais ( muito legal eu realmente não sabia desse plagio '-')
premiação nas paginas:
facebook: kdramas online
facebook: Chá com blog versão otaku
Agora vamos ao banner que eu fiz especialmente para o blog mundo dos otaku20
Create your own banner at mybannermaker.com!

                                                              
Espero que tenha gostado do banner, e espero que use ele também u.u.  A premiação para o blog reinado das otomes kawaii eu irei posta depois ok? kiss *-*





Three love - capitulo 6



Era de manhã, o sol brilhava, os raios de sol entravam pelas cortinas do quarto, eles chegaram pela a madrugada da praia. Era uma manhã gostosa, Gray acordou, mas não se levantou ficou pensando no que tinha acontecido na noite anterior.

 Ele tinha desatabafo com Lucy, mas como? Ele nunca tinha falado daquele assunto para ninguém por que falou para Lucy logo para ela.

Depois ele soube a resposta. Era a musica e como Lucy naquela noite se parecia com sua mãe. Queria saber se algum dia sentiria aquele sentimento novamente. 

Levantou-se e saiu, Gray sabia que tinha que volta para seu mundo de rotina.

Lucy mal tinha dormido de noite só pensando no que Gray tinha falado na noite anterior. Não tinha percebido na hora, mas depois percebeu como Gray estava diferente naquela noite, muito diferente.

Natsu estava dormindo como bebe, ele tava muito cansado depois de ter que aguentar Erza direto falando do Gray era para estar cansado mesmo.

Lucy se levantou, já era hora de sair do quarto. Ela foi ate a cozinha e viu Gray. Por incrível que parece Lucy ficou sem reação, não sabia se falava com ele normalmente ou não. Estava com um aperto no coração, então voltou para o quarto.

-O que esta acontecendo comigo? Perguntou Lucy conversando com ela mesma.

O celular tocou.

-Alo? Atendeu Lucy.

-Oi Lucy aqui e a Erza vamos sair hoje?

- Sair, para onde?

-Tenho ingressos para o circo que esta tendo aqui perto de casa. Você quer vim?

- Claro e que horas será?

- À tarde as 3 h, leve todos certo?

- Natsu e Gray também vão?

- Sim claro somos um grupo não é?

- a certo. Falou Lucy pensando em como falar isso para o Gray.

- Certo então venham para minha casa as 3 h ok? Tchau. Erza desligou o celular.

-Certo e agora com eu vou falar isso. A isso é idiotice vou falar normalmente com ele. Pensou Lucy.

- Gray posso falar com você? Falou Lucy na porta do quarto de Gray.

- Pode entra. Falou Gray

- O que como assim? Não, não e não. Pensou Lucy

- E que a Erza nos chamou para um ir ao circo você quer ir? Falou Lucy do lado de fora do quarto.

- Não eu tenho umas coias para fazer hoje não poderei ir. Falou Gray ainda La dentro do quarto.

-Ufa ainda bem. Pensou Lucy.

- Certo vou falar com ela. Falou Lucy aliviada.

No quarto Gray estava fazendo algumas perguntas para ele mesmo.

Por que eu não sair do quarto e falei com ela normalmente?

Por que eu inventei que ia sair hoje para não ir para o tal circo.

Por que eu to agindo assim?

Essas eram as perguntas que Gray estava fazendo para ele mesmo. Ele não tinha a resposta certa para isso, queria falar para alguém, queria pergunta para alguém, mas não tinha ninguém que ele pudesse pergunta.

- Natsu acorda já ta na hora. Falou Lucy entrando no quarto de Natsu.

- Ah só mais 5 minutos. Falou Natsu se escondendo debaixo do cobertor.

-Menino preguiçoso, você quer ir ao circo comigo e a Erza hoje de tarde?

- Circo? Claro fazer muito diver...Antes de Natsu termina ele deu um bocejo e voltou a dormi.

Lucy entendeu aquilo como um sim. E voltou para seu quarto.

-Lucy você está acordada? Perguntou o diretor na porta do quarto de Lucy

- Estou tio. Falou Lucy abrindo a porta.

-Querida eu vou sair por uma semana, vou viajar a trabalho. Natsu mim falou que você vai sair hoje com sua amiga e convidou ele, você também convidou o Gray?

-Sim tio eu convidei, mas ele disse que tinha que sair hoje.

- Foi? Então ta certo. Falou o diretor saindo do quarto.

- tenha um bom dia Lucy.

- Pra você também tio.

O diretor estava intrigado, mas cedo Gray disse que não tinha nada para fazer, será que surgiu alguma coisa de ultima hora? Pensou o diretor

- Gray meu filho posso entra? Falou o diretor já entrando no quarto.

- Oi pai pode sim. Falou Gray que estava deitado lendo um livro.

- Filho você vai sair para algum lugar? Perguntou o diretor.

- Não pai por quê?Falou Gray despreocupado.

- Então por que você não vai com a Lucy e seu irmão para o circo ela disse que te convidou e você falou que não podia ir...

- Droga como eu pude me esquecer disso e agora tenho que inventar alguma coisa e logo. Pensou Gray.

- É eu falei isso por que eu vou sair só que mais tarde, de noite pai. Falou Gray tentando convencer seu pai.

-Então da tempo de você sair para o circo NE?

- Bem eu acho...

- Então pronto vou falar para ela. Falou o diretor saindo do quarto.

Gray permaneceu La imóvel.

- Lucy minha querida o Gray vai para o circo também.

- O que ele vai? Falou Lucy assustada.

- Sim minha querida ele é um jovem como você, tem mais é que se divertir não é?

- Sim...

- Então pronto. Já vou Lucy tome cuidado tchau. Falou o Diretor já saindo de casa.

E agora a única solução era se render, ela vai fica o mais longe o possível dele e só falar quando for realmente necessário.

- Mas pensando bem por quê? Por que eu tinha que fazer aquilo, será? Não claro que não é besteira minha... Tomara. Pensou Lucy.

Eles já haviam chegado ao circo, Erza tinha esperado eles na esquina da sua casa. Erza morava no lado rico da cidade, bem ela sempre foi rica, mas nunca demonstrou isso, era humilde.

- Então gente vamos nos diverti, Lucy vá com o Natsu e eu com o Gray. Falou Erza empurrando lucy para o Natsu.

-Ok.Vamos La Lucy. Falou Natsu.

Algumas explicações básicas. Mais cedo naquele dia Erza tinha ligado para Natsu.

- Alo. Falou natsu

- sim a lucy mim convidou.

- Pois bem, eu preciso de um favor seu certo?

- favor? Qual?

- você poderia ficar com a Lucy durante o passeio no circo. Eu quero ficar a sós com o Gray, pode fazer isso Natsu, por favor?

- Claro que sim pode deixa comigo Erza. Falou Natsu pensando que era um bom jeito de deixar seu irmão com raiva.

- Obrigada nos vemos mais tarde tchau. Erza falou depois desligou o celular.

Erza muito poderia ter pedido a Lucy, mas tinha chance de ela não querer, já natsu qualquer coisa que deixasse Gray zangado ele estava La,então Natsu era 100% confiável.

Explicações dadas, voltamos ao circo.

- Vamos Gray. Falou Erza puxando Gray.

- Bem... Gray olhou para ver se tinha outra opção, mas não tinha era o jeito ir com ela.

Para Lucy andar com Natsu era muito divertido e ela ficando longe de Gray o que era melhor ainda.

- Ei Lucy vamos ver os elefantes ele são tão lindos. Falou Natsu empolgadíssimo

-Só ele mesmo para chamar os elefantes de lindos, certo que os filhotes eram bem fofinhos, mas os adultos mim dão medo. Pensou lucy.

Erza estava super feliz por estar sozinha com Gray ,com certeza ela ai ser a sua namorada a partir daquele dia ela ate imaginada como seria...

- Erza, tenho que falar com você. Falou Gray interrompendo a sua imaginação.

- hum? O que foi?

- Você pediu ao Natsu que nos deixasse sozinhos?

- Bem sobre isso... Sim eu pedi. Falou Erza de cabeça baixa.

- Por quê? Perguntou Gray querendo a resposta de Erza

- Porque eu amo você... Você sabe disso falou Erza diminuindo o tom de voz ate chegar a um sussurro.

- Por que você me ama?

- porque você me salvou você sabe você viu meu sofrimento. Erza falou quase chorando

- Você quer que eu te proteja você de tudo?

- É exatamente isso, quero você ao meu lado... Quero você comigo, quero... Erza estava com lágrimas nos olhos Gray olhou para ela e falou.

- Vou te proteger, quero te proteger... Parou Gray e enxugou as lagrimas de Erza com carinho.

- Mas eu não serei seu namorado. Você é uma irmã para mim e sempre será.

- Irmã? Não eu não sou sua irmã, não quero ser, você não pode... você não pode fazer isso comigo.

 Erza começou a chorar Gray a abraçou com carinho como amor de irmãos. Nesse momento Natsu e Lucy chegaram.

 Lucy viu a cena. Os dois abraçados seu coração começou a acelera ficou apertado às lagrimas querendo sair Lucy ficou imóvel não pensou em mais nada, Só na cena.

As lagrimas já saem de seu rosto naturalmente ela sem sentia. A única coisa que ela pode fazer foi sair dali ela precisava sair daquele local. Lucy saiu correndo só Natsu percebeu que ela tava chorando, mas resolveu não ir a trás percebeu que ela queria ficar sozinha.

Lucy se encontrava debaixo de uma arvore sentada no chão chorando, com a mão escondendo o rosto. Não sabia ao certo porque estava chorando não sabia ao certo o que estava acontecendo, mas ela não conseguiu parar de chorar.

Sabe aquele momento em que você quer chorar o tanto que der não quer parar, assim estava Lucy chorando as lagrimas saiam com facilidade ela tentava pensa direito, mas não conseguia. Ela se via pensando na cena direto, por que ele estava abraçando ela? será que ele gostava dela? será...

Estava começando a ficar escuro, o vento estava frio, a noite chegava Lucy olhava para o horizonte e via o sol se pondo era uma sensação incrivelmente curadora parecia que o vento e o sol estavam querendo consola-la. Estavam conseguindo, ela se levantou e disse para si mesma.

- Esta tudo bem! Esta tudo bem. Pensou Lucy.

- Lucy ! Onde você esta? Perguntou Natsu.

- Eu estou aqui. Falou Lucy dando uns tapinha no rosto para volta a realidade.

- Vamos temos que ir para casa. Falou Natsu levando Lucy para fora do circo.

- e os outros? Perguntou Lucy olhando para ver se via alguém.

-Eles já foram Gray levou Erza para casa dela, ela não estava muito bem.

- Ah certo. Falou Lucy tentando não se deixa abater.

Era fim de tarde. O céu estava cor de laranja, um laranja puro com muitas nuvens. Lucy estava pensando em Gray com Erza, mas não queria pensar, ela estava sentindo ciúmes talvez, mas não queria sentir. Era tudo muito confuso para ela.





Three love - capitulo 5


                                                                          ~ capitulo 5 ~                                 
                                       
Era verão, época de sol e calor intenso, as estações naquela cidade eram bem definidas. Quando era inverno era frio pra valer, e quando era verão era quente, realmente quente. Lucy estava indo para a escola de manhã e já estava muito quente.

- Ainda bem que já vai terminar as aulas. Ate que fim Férias... Lucy falava com Erza.

 Depois da conversa que elas tiveram na casa de Lucy sobre Gray as duas se tornaram grandes amigas.

-Com certeza, mas Lucy o que você vai fazer nas férias? Perguntou Erza.

- Eu não sei. Nada! Tenho nada pra fazer, eu acho, por quê?

- Se você não tiver nada pra fazer vamos comigo para a minha casa de praia, pode levar o Gray...

- Sabia que você estava querendo ganhar alguma coisa com isso. Falou Lucy dando uma risadinha em 
direção a Erza.

- É fazer o que... Falou Erza abraçando lucy por trás.

- Então vamos? Perguntou Erza.             
                
- Vou perguntar se eu posso ir certo?

- E o Gray... Falou Erza se contendo pra não rir.

- ele não vai só tem eu para ir, serve?

-Claro que sim, mas convide ele...

Lucy tinha marcado com Erza de ir para praia só que Natsu e Gray iriam também.
 As aulas terminaram e Lucy, Erza, Natsu e Gray, estavam viajando para o litoral todos felizes menos Gray que não queria ir, mas foi obrigado pelo pai.

- Ah que felicidade todos nós estamos aqui vai ser muito divertido. Falou Erza descendo do ônibus, eles já tinham chegado.

Era um dia perfeito para ir à praia, o sol brilhava tinha, muita gente tomando banho de mar e outros simplesmente tomando um sol.
 Lucy e Erza foram se trocar enquanto Natsu e Gray procuravam um bom lugar na praia para ficar.

- Aqui ta bom. Falou Gray já se sentando, ele carregava um livro. Claro ele tinha pensado em tudo ia ficar lendo direto ate aquela chatice acabar.

- Então ta. Vamos logo para o mar quero tomar banho. Natsu como sempre empolgado.

-Pronto meninos. Falou Erza. Ela estava com um biquine roxo com detalhe preto que deixava ela muito bonita.

Já lucy estava com maio, ela nunca tinha ido a uma praia antes então não tinha nenhum biquine, Erza que tinha lhe emprestado o maio. Era branco com rosa seu maio com as costas nuas.

- Como nós estamos? Perguntou Erza, de um jeito que a pergunta fosse para Gray.

- Vocês estão lindas meninas vamos tomar banho de mar agora? Falou Natsu.

 - Gray tem alguma coisa a dizer. Falou Erza. Sempre persistente.

- Não. Falou Gray e continuo lendo seu livro que com certeza pra ele era mais divertido.

- Vamos gente. Chamou Natsu.

O dia foi perfeito pelo menos para Natsu. Era de tarde e eles decidiram fazer um passeio pelas cavernas que tinham perto dali. Erza queria ficar mais próxima de Gray, mas ele mantia uma distancia segura dela. 
Lucy queria ir passear nas cavernas por que ela gosta de cavernas.

De tarde todos saíram com um instrutor para o passeio. Gray só foi por que Natsu ameaçou de conta para o diretor que ele não queria is e isso não era uma coisa boa para Gray.

- dividam em duplas um homem e uma mulher para ficar mais fácil. Falou o instrutor.

- Eu vou com o Gray. Falou Erza já se aproximando de Gray

Gray não tinha muita escolha ou Erza ou lucy.

- Desculpe, mas eu vou com a lucy. Falou Gray puxando lucy para perto dele.

- o que? Como assim?. Falou lucy que estava toda distraída olhando a paisagem.

-Então vamos começar vocês tem dois caminhos cada bupla pega uma esse caminho vai da na vila é so segui a trilha. Falou o instrutor.

- ok vamos Erza. Boa sorte lucy e Gray não deixe nada acontecer com ela viu por que acontecer... natsu deixou as palavras soltas no ar mas Gray já sabia o que iria acontecer se lucy se machucasse.

- ok... . Falou erza de cabeça baixa, estava triste.

Já estava anoitecendo lucy e Gray andavam sem dizer uma palavra desde o começo da trilha, eles só olhavam a paisagem as cavernas...

- Será que falta muito. Falou lucy quebrando o silencio

- não sei. Falou Gray querendo manter o silencio.

Lucy percebeu e não falou mais nada. Alguns minutos depois ela se lembrou do que ela e erza conversaram daquele dia sobre Gray. E resolveu pergunta.

-Não perdia nada se perguntasse ele responderia se quisesse. Pensou lucy

Então ariscou.

- Erza me falou de quando você era pequeno e ajudou ela a vencer o câncer, isso foi muito legal da sua parte você foi solidário...

Gray ficou em silencio. Lucy resolveu não falar mais.

As estrelas no céu brilhavam, tinha um bom tempo que Lucy não tinha visto uma constelação tão brilhante como aquela, só via quando morava na sua antiga casa, La sua mãe sempre observava o céu, as estrelas e cantava.

Lucy ficou com vontade e começou a cantar baixinho a musica que sua mãe tanto cantava.

Quando a sua estrela brilhar
Você irá senti
Como se fosse
Alguém batendo na sua porta,
Você irá sentir
Mas que sentimento?
Quando a sua estrela brilhar você estará pronto
Você estará pronto
Para amar
Quando sua estrela bater na sua porta
Seu coração sentirá
E você apaixonado ficará...

Lucy ia cantando a musica no embalo da noite ela sentia as estrelas cada vez mais próximas. Quando voltou a si viu Gray olhando para ela parado.

- O que foi? Perdemos-nos?Perguntou Lucy

- Essa musica... Gray falou e deixou as palavras no ar

- Sim? O que tem a musica?

- Como você a conhece? Perguntou Gray

- Minha mãe cantava para mim.

Gray virou e ficou de costa para Lucy e falou.

-Pode cantar novamente?

Lucy não sabia o porquê daquilo mais resolveu cantar, pois percebeu que era uma coisa importante para Gray.

Lucy e Gray estavam no final do trajeto, Lucy continuava a cantar. Chegaram à praia já tava de noite, a lua sobre eles iluminava tudo. Gray andou em direção à praia e Lucy o acompanhou.

- Não devíamos está indo para o outro lado? Perguntou Lucy já que a vila onde eles teriam que chegar ficava no sentido contrario da praia.

-Não vamos olhar o mar dizem que a noite o mar toma vida. Falou Gray andando sem parar.

Lucy o acompanhou, pois ela também gostava de ver o mar, a natureza, as estrelas...

Gray sentou-se na areia olhando para o mar, lucy sentou também.

-Amo a natureza principalmente as estrelas. Falou Gray

Lucy olhou para Gray e se sentiu confortável como nunca se sentiu antes com ele.

- Como você foi parar no hospital? Quando conheceu Erza. Falou lucy olhando para as estrelas.

Teve um silencio Gray não se mexia só olhava para o mar.

- Desculpe eu perguntar, se não quiser fal... Antes que lucy terminasse a frase Gray falou interrompendo.

-Você já viu minha mãe?perguntou Gray.

- Pensando bem não a vi desde que cheguei aqui.

-Minha mãe morreu quando eu tinha seis anos, tinha câncer igual a Erza mas diferente dela minha mãe morreu.

-Sinto muito, eu não sabia disso..

-Minha mãe sempre cantava para mim essa musica que você estava cantando, essa musica me deixava seguro e feliz.

Ouve outro silencio infernal, só se ouvia o som das ondas batendo na costa da praia e som particularmente perfeito, natural, calmante...

- Quando chegou o dia dela morrer ela mim falou uma frase `` quando uma estrela perder seu brilho outra nascerá ´´ , á principio eu não tinha eu não entendi mas depois que eu conheci a Erza comecei a entender. 

-Minha mãe tinha morrido, mas Erza não podia morrer, fiz de tudo para que ela sobrevivesse. Gray deu uma pausa e lucy se levantou.

- Você a salvou. Erza te ama por causa disso.

-Exatamente ela me ama, mas ela ainda não viu que eu só sinto amizade por ela, não quero feri-La, amo ela também, mas como amiga nunca pensei ao contrario disso. Nunca tive coragem de dizer a verdade, sempre deixei por isso mesmo. Falou Gray calmamente.

-Você tem que falar a verdade o mais rápido possível, por que pode ser tarde de mais e ela nunca mais te perdoa por mentir para ela esse tempo todo. Falou Lucy olhando nos olhos de Gray.

Os olhos de Gray brilhavam com o reflexo a lua no mar. Gray olhou para as estrelas e falou.

- Eu sei Lucy, eu sei...

Concruso blog kawaii: julgamento dos participantes

Antes de começar eu tenho que falar uma coisa o blog reinado das otomes kawaii, modificou o banner de divulgação, e isso não pode me desculpa por ser chata mas não pode.Mas como foi a primeira vez eu vou deixar passar ok? mas não pode.... ^^
Japan´s bubble

1° critério Beleza

Nota: 8

Opinião da julgadora:
O blog em si é muito bem desenvolvido. A beleza está presente em cada parte do blog.
A foto do cabeçalho em minha opinião Foi muito bem desenvolvida a autora pensou que a foto tinha que ser de acordo com o tema expostos no blog e fez bem, esta adequada ao tema e particularmente acho a foto linda.

 A divisão de paginas que ela colocou com o tema do Pokémon, é muito original e esta muito kawaii.

2° critério Conteúdo

Nota: 7

Opinião da julgadora: O blog tem pouco conteúdo, mas ele ainda é novo, a dona deve ter outros blogs, e não ter tempo para realmente coloca todo conteúdo que o blog precisa.

3° critério Organização

Nota: 9

Opinião da julgadora: A organização esta ótima, pois estão bem separados, ontem tem mangas é só manga, onde tem anime é só anime e assim por diante.

4° critério originalidade

Nota: 9

Opinião da julgadora: Esse blog tem muita coisa a oferecer. A criatividade que a dona do blog
Usou para decorar o blog eu não vir outra parecida em outros blogs que eu já visitei.

Mundo dos otaku 20

1° critério Beleza

Nota: 10

Opinião da julgadora: O blog está decorado de uma forma bem kawaii, a foto do cabeçalho foi muito bem pensada.

2° critério Conteúdo

Nota: 8

Opinião da julgadora: O blog contem muito conteúdo de diferentes assuntos e isso é muito importante para um blog. Agora faltam em minha opinião mais curiosidades (artigos otaku).

3° critério Organização

Nota: 9

Opinião da julgadora: O blog está muito bem organizado tem paginas para cada assunto bem definido.

4° critério originalidade

Nota: 8

Opinião da julgadora: Na parte de ser original o blog está muito bem, mas algumas coisas eu vir que tem em outros blogs, mas são poucas.

Itazura dramas

1° critério Beleza

Nota: 7

Opinião da julgadora: Bem o blog precisa de um toque á mais de beleza, talvez um cabeçalho mais bem desenvolvido, na barra lateral ter mais beleza o blog tem q ser mais kawaii.

2° critério Conteúdo

Nota: 10

Opinião da julgadora: De todos os blogs que estão participando esse é o que tem mais conteúdo, e conteúdos interessantes, muitas coisas que eu nem sabia. Gosto muito das curiosidades desse blog.

3° critério Organização

Nota: 8

Opinião da julgadora: A organização está boa o problema é que quando eu vou visitar o blog eu dou de cara com muita informação de uma vez só eu recomendo que você resuma todas as suas postagens em paginas e tira algumas coisas da barra lateral entende?

4° critério originalidade

Nota: 9

Opinião da julgadora: O blog é muito original, pois ele trás muita informação que em outros blogs não tem. Como eu tinha falado as postagens feitas pela dona são muito boas e informativas.

Mundo de lia e Kim

1° critério Beleza

Nota: 7

Opinião da julgadora: O blog precisa de mais beleza coisas mais bonitinhas. O plano de fundo tem que ser mais criativo.

2° critério Conteúdo

Nota: 8

Opinião da julgadora: Tem um bom numero de conteúdos, bem interessantes. M as precisa de muito mais conteúdos em paginas como k-drama.

3° critério organização

Nota: 7

Opinião da julgadora: Precisa de um pouco mais de organização mais no todo está bom.
4° critério originalidade

Nota: 9

Opinião da julgadora: Bem eu nuca tinha visto uma TV só para o blog, mas esse blog tem muito original.
Eu tenho uma curiosidade para esse blog. Por que o nome do blog é mundo de lia e Kim?


Reinado das otomes kawaii

1° critério Beleza

Nota: 10

Opinião da julgadora: Muito kawaii gostei de mais.

2° critério Conteúdo

Nota: 9

Opinião da julgadora: O blog fornece muito conteúdo interessante sobre sua vida e outras coisas.

3° critério organização

Nota : 8

Opinião da julgadora: Sua organização está excelente muito kawaii.

4° critério originalidade

Nota: 9

Opinião da julgadora: A criatividade da(s) dona(s) do blog é muito show, gostei....

Resultados
Criterios
Mundo dos otakus
Itazura dramas
Mundo de lie e kim
Japan´s bubble
Reinado das otomes kawaii
Beleza
10
7
7
8
10
Conteudo
8
10
8
8
9
Originalidade
9
9
10
9
9
Organização
9
8
8
10
8

Total::

Mundo dos Otakus20 : 36

Reinado das otomes kawaii: 36

Itazura dramas: 34

Mundo de lia e Kim: 32

Japan´s bubble: 34

VENCEDORES: Mundo dos otaku20 e Reinado das otomes kawaii.


                                                       Ranking







Gente eu escolhi os vencedores com base no meu gosto, eu gosto de coisas muito kawaii, eu estava em duvida entre o mundo dos otaku20 e o Reinado das otomes kawaii  por que os dois são kawaii. Eu não tive escolha, vai ser dois vencedores mesmo. Tava cansada para fazer um desempate ¬¬ ( sim! eu sou preguiçosa )
  Eu vou fazer as duas premiação não se preocupe ta? 
E para todos os outros participantes eu dou meus parabéns, eu sei como é difícil fazer um bom blog mas continuem com o bom trabalho.E para o vencedor eu vou fazer a sua premiação logo logo.
Arigato minaa.




Curtiu? :)


Oie gente, meu nome é Sara (Lucy no blog) e eu sou a humilde dona desse blog, agradeço por sua visita e lhe peço que comente nos posts, (só se quiser é claro kk) dêem dicas sobre doramas e novos temas para eu postar (agradeceria muito).

Então é isso... ^^


Tecnologia do Blogger.

Follow by Email

Follow by Email

O QUE PROCURA?

Afiliados

ID CG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG

Quem sou eu

Minha foto
Eu sou uma amante da cultura japonesa. Na musica eu amo j-pop, eu sou uma garota que gosta muito de dança, ensaia coregrafias e dança com minha amigas, claro entre outras coisas.

Curta e fique por dentro!

SEGUIDORES

I Love Blogs

Translate