Three love - capitulo 6



Era de manhã, o sol brilhava, os raios de sol entravam pelas cortinas do quarto, eles chegaram pela a madrugada da praia. Era uma manhã gostosa, Gray acordou, mas não se levantou ficou pensando no que tinha acontecido na noite anterior.

 Ele tinha desatabafo com Lucy, mas como? Ele nunca tinha falado daquele assunto para ninguém por que falou para Lucy logo para ela.

Depois ele soube a resposta. Era a musica e como Lucy naquela noite se parecia com sua mãe. Queria saber se algum dia sentiria aquele sentimento novamente. 

Levantou-se e saiu, Gray sabia que tinha que volta para seu mundo de rotina.

Lucy mal tinha dormido de noite só pensando no que Gray tinha falado na noite anterior. Não tinha percebido na hora, mas depois percebeu como Gray estava diferente naquela noite, muito diferente.

Natsu estava dormindo como bebe, ele tava muito cansado depois de ter que aguentar Erza direto falando do Gray era para estar cansado mesmo.

Lucy se levantou, já era hora de sair do quarto. Ela foi ate a cozinha e viu Gray. Por incrível que parece Lucy ficou sem reação, não sabia se falava com ele normalmente ou não. Estava com um aperto no coração, então voltou para o quarto.

-O que esta acontecendo comigo? Perguntou Lucy conversando com ela mesma.

O celular tocou.

-Alo? Atendeu Lucy.

-Oi Lucy aqui e a Erza vamos sair hoje?

- Sair, para onde?

-Tenho ingressos para o circo que esta tendo aqui perto de casa. Você quer vim?

- Claro e que horas será?

- À tarde as 3 h, leve todos certo?

- Natsu e Gray também vão?

- Sim claro somos um grupo não é?

- a certo. Falou Lucy pensando em como falar isso para o Gray.

- Certo então venham para minha casa as 3 h ok? Tchau. Erza desligou o celular.

-Certo e agora com eu vou falar isso. A isso é idiotice vou falar normalmente com ele. Pensou Lucy.

- Gray posso falar com você? Falou Lucy na porta do quarto de Gray.

- Pode entra. Falou Gray

- O que como assim? Não, não e não. Pensou Lucy

- E que a Erza nos chamou para um ir ao circo você quer ir? Falou Lucy do lado de fora do quarto.

- Não eu tenho umas coias para fazer hoje não poderei ir. Falou Gray ainda La dentro do quarto.

-Ufa ainda bem. Pensou Lucy.

- Certo vou falar com ela. Falou Lucy aliviada.

No quarto Gray estava fazendo algumas perguntas para ele mesmo.

Por que eu não sair do quarto e falei com ela normalmente?

Por que eu inventei que ia sair hoje para não ir para o tal circo.

Por que eu to agindo assim?

Essas eram as perguntas que Gray estava fazendo para ele mesmo. Ele não tinha a resposta certa para isso, queria falar para alguém, queria pergunta para alguém, mas não tinha ninguém que ele pudesse pergunta.

- Natsu acorda já ta na hora. Falou Lucy entrando no quarto de Natsu.

- Ah só mais 5 minutos. Falou Natsu se escondendo debaixo do cobertor.

-Menino preguiçoso, você quer ir ao circo comigo e a Erza hoje de tarde?

- Circo? Claro fazer muito diver...Antes de Natsu termina ele deu um bocejo e voltou a dormi.

Lucy entendeu aquilo como um sim. E voltou para seu quarto.

-Lucy você está acordada? Perguntou o diretor na porta do quarto de Lucy

- Estou tio. Falou Lucy abrindo a porta.

-Querida eu vou sair por uma semana, vou viajar a trabalho. Natsu mim falou que você vai sair hoje com sua amiga e convidou ele, você também convidou o Gray?

-Sim tio eu convidei, mas ele disse que tinha que sair hoje.

- Foi? Então ta certo. Falou o diretor saindo do quarto.

- tenha um bom dia Lucy.

- Pra você também tio.

O diretor estava intrigado, mas cedo Gray disse que não tinha nada para fazer, será que surgiu alguma coisa de ultima hora? Pensou o diretor

- Gray meu filho posso entra? Falou o diretor já entrando no quarto.

- Oi pai pode sim. Falou Gray que estava deitado lendo um livro.

- Filho você vai sair para algum lugar? Perguntou o diretor.

- Não pai por quê?Falou Gray despreocupado.

- Então por que você não vai com a Lucy e seu irmão para o circo ela disse que te convidou e você falou que não podia ir...

- Droga como eu pude me esquecer disso e agora tenho que inventar alguma coisa e logo. Pensou Gray.

- É eu falei isso por que eu vou sair só que mais tarde, de noite pai. Falou Gray tentando convencer seu pai.

-Então da tempo de você sair para o circo NE?

- Bem eu acho...

- Então pronto vou falar para ela. Falou o diretor saindo do quarto.

Gray permaneceu La imóvel.

- Lucy minha querida o Gray vai para o circo também.

- O que ele vai? Falou Lucy assustada.

- Sim minha querida ele é um jovem como você, tem mais é que se divertir não é?

- Sim...

- Então pronto. Já vou Lucy tome cuidado tchau. Falou o Diretor já saindo de casa.

E agora a única solução era se render, ela vai fica o mais longe o possível dele e só falar quando for realmente necessário.

- Mas pensando bem por quê? Por que eu tinha que fazer aquilo, será? Não claro que não é besteira minha... Tomara. Pensou Lucy.

Eles já haviam chegado ao circo, Erza tinha esperado eles na esquina da sua casa. Erza morava no lado rico da cidade, bem ela sempre foi rica, mas nunca demonstrou isso, era humilde.

- Então gente vamos nos diverti, Lucy vá com o Natsu e eu com o Gray. Falou Erza empurrando lucy para o Natsu.

-Ok.Vamos La Lucy. Falou Natsu.

Algumas explicações básicas. Mais cedo naquele dia Erza tinha ligado para Natsu.

- Alo. Falou natsu

- sim a lucy mim convidou.

- Pois bem, eu preciso de um favor seu certo?

- favor? Qual?

- você poderia ficar com a Lucy durante o passeio no circo. Eu quero ficar a sós com o Gray, pode fazer isso Natsu, por favor?

- Claro que sim pode deixa comigo Erza. Falou Natsu pensando que era um bom jeito de deixar seu irmão com raiva.

- Obrigada nos vemos mais tarde tchau. Erza falou depois desligou o celular.

Erza muito poderia ter pedido a Lucy, mas tinha chance de ela não querer, já natsu qualquer coisa que deixasse Gray zangado ele estava La,então Natsu era 100% confiável.

Explicações dadas, voltamos ao circo.

- Vamos Gray. Falou Erza puxando Gray.

- Bem... Gray olhou para ver se tinha outra opção, mas não tinha era o jeito ir com ela.

Para Lucy andar com Natsu era muito divertido e ela ficando longe de Gray o que era melhor ainda.

- Ei Lucy vamos ver os elefantes ele são tão lindos. Falou Natsu empolgadíssimo

-Só ele mesmo para chamar os elefantes de lindos, certo que os filhotes eram bem fofinhos, mas os adultos mim dão medo. Pensou lucy.

Erza estava super feliz por estar sozinha com Gray ,com certeza ela ai ser a sua namorada a partir daquele dia ela ate imaginada como seria...

- Erza, tenho que falar com você. Falou Gray interrompendo a sua imaginação.

- hum? O que foi?

- Você pediu ao Natsu que nos deixasse sozinhos?

- Bem sobre isso... Sim eu pedi. Falou Erza de cabeça baixa.

- Por quê? Perguntou Gray querendo a resposta de Erza

- Porque eu amo você... Você sabe disso falou Erza diminuindo o tom de voz ate chegar a um sussurro.

- Por que você me ama?

- porque você me salvou você sabe você viu meu sofrimento. Erza falou quase chorando

- Você quer que eu te proteja você de tudo?

- É exatamente isso, quero você ao meu lado... Quero você comigo, quero... Erza estava com lágrimas nos olhos Gray olhou para ela e falou.

- Vou te proteger, quero te proteger... Parou Gray e enxugou as lagrimas de Erza com carinho.

- Mas eu não serei seu namorado. Você é uma irmã para mim e sempre será.

- Irmã? Não eu não sou sua irmã, não quero ser, você não pode... você não pode fazer isso comigo.

 Erza começou a chorar Gray a abraçou com carinho como amor de irmãos. Nesse momento Natsu e Lucy chegaram.

 Lucy viu a cena. Os dois abraçados seu coração começou a acelera ficou apertado às lagrimas querendo sair Lucy ficou imóvel não pensou em mais nada, Só na cena.

As lagrimas já saem de seu rosto naturalmente ela sem sentia. A única coisa que ela pode fazer foi sair dali ela precisava sair daquele local. Lucy saiu correndo só Natsu percebeu que ela tava chorando, mas resolveu não ir a trás percebeu que ela queria ficar sozinha.

Lucy se encontrava debaixo de uma arvore sentada no chão chorando, com a mão escondendo o rosto. Não sabia ao certo porque estava chorando não sabia ao certo o que estava acontecendo, mas ela não conseguiu parar de chorar.

Sabe aquele momento em que você quer chorar o tanto que der não quer parar, assim estava Lucy chorando as lagrimas saiam com facilidade ela tentava pensa direito, mas não conseguia. Ela se via pensando na cena direto, por que ele estava abraçando ela? será que ele gostava dela? será...

Estava começando a ficar escuro, o vento estava frio, a noite chegava Lucy olhava para o horizonte e via o sol se pondo era uma sensação incrivelmente curadora parecia que o vento e o sol estavam querendo consola-la. Estavam conseguindo, ela se levantou e disse para si mesma.

- Esta tudo bem! Esta tudo bem. Pensou Lucy.

- Lucy ! Onde você esta? Perguntou Natsu.

- Eu estou aqui. Falou Lucy dando uns tapinha no rosto para volta a realidade.

- Vamos temos que ir para casa. Falou Natsu levando Lucy para fora do circo.

- e os outros? Perguntou Lucy olhando para ver se via alguém.

-Eles já foram Gray levou Erza para casa dela, ela não estava muito bem.

- Ah certo. Falou Lucy tentando não se deixa abater.

Era fim de tarde. O céu estava cor de laranja, um laranja puro com muitas nuvens. Lucy estava pensando em Gray com Erza, mas não queria pensar, ela estava sentindo ciúmes talvez, mas não queria sentir. Era tudo muito confuso para ela.





0 comentários:

Postar um comentário

Curtiu? :)


Oie gente, meu nome é Sara (Lucy no blog) e eu sou a humilde dona desse blog, agradeço por sua visita e lhe peço que comente nos posts, (só se quiser é claro kk) dêem dicas sobre doramas e novos temas para eu postar (agradeceria muito).

Então é isso... ^^


Tecnologia do Blogger.

Follow by Email

Follow by Email

O QUE PROCURA?

Afiliados

ID CG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG VG

Quem sou eu

Minha foto
Eu sou uma amante da cultura japonesa. Na musica eu amo j-pop, eu sou uma garota que gosta muito de dança, ensaia coregrafias e dança com minha amigas, claro entre outras coisas.

Curta e fique por dentro!

SEGUIDORES

I Love Blogs

Translate